Arara Canindé

Silvestre Grande Porte

Os indivíduos desta espécie pesam cerca de 1,1 quilogramas e chegam a medir até noventa centímetros de comprimento, com partes superiores azuis e inferiores amarelas, alto da cabeça verde, fileiras de penas faciais negras sobre o rosto glabro e branco, olhos de íris amarela e garganta negra. Têm uma longa cauda triangular, asas largas, um bico escuro grande e forte e as típicas patas zigodáctilas dos psitacídeos, com dois pares de dedos opostos, o que lhes dá grande destreza para escalar árvores e manipular os alimentos. Seu grito típico é um RRAAAAK gutural e áspero com entonação ascendente, mas podem produzir diversas outras vocalizações mais anasaladas e musicais.

  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
Arara Canindé
Arara Canindé

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
Arara Canindé
Arara Canindé

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
Arara Canindé
Arara Canindé

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
Arara Canindé
Arara Canindé

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
1/14
Arara Vermelha
Arara Vermelha

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
Arara Vermelha
Arara Vermelha

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
Arara Vermelha
Arara Vermelha

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
Arara Vermelha
Arara Vermelha

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
1/9

Ararajuba

A guaruba é uma ave vistosa, caracterizando-se por ter a plumagem inteiramente de um amarelo brilhante, salvo as pontas das asas, coloridas de verde-oliva. Não existe dimorfismo sexual. Tem cerca de 34 cm de comprimento.

Sua situação taxonômica é polêmica e incerta. A espécie foi descrita pela primeira vez como Aratinga guarouba por Gmelin, em 1788, mas já foi colocada nos gêneros AratingaConurus e Psittacus. É relativamente isolada e não tem parentes próximos. Sua maior afinidade está com o maracanã-nobre (Diopsittaca nobilis). Em 1993, Slick, argumentando que algumas de suas características não se encontram em outras espécies do gênero Aratinga, propôs que fosse reclassificada como Guaruba garouba. Poucos estudos têm sido feitos com esta espécie, e o conhecimento atual sobre ela é muito imperfeito.

Ararajuba
Ararajuba

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
Ararajuba
Ararajuba

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
Ararajuba
Ararajuba

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
Ararajuba
Ararajuba

Criadouro Berçário das Aves (Campinas/Sp - Parque Industrial)

press to zoom
1/9

Arara Vermelha

Silvestre Grande Porte

A arara-vermelha mede até noventa centímetros de comprimento e pesa até 1,5 quilogramas. Cada postura é composta por ovos de cinco centímetros, incubados por 29 dias.

O ninho dessa arara é feito em ocos de árvores, mas ela também se aproveita de buracos em paredes rochosas para colocar os ovos, os quais são chocados apenas pela fêmea, que fica no ninho. Quem cuida de garantir a alimentação tanto da fêmea como dos filhotes é o macho, que, nessa espécie, é fiel, mantendo a mesma companheira durante a vida inteira.

  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Silvestre Grande Porte